Passar para o Conteúdo Principal

logotipo Museu Neorealismo

Documentário 'Há 70 anos, o Tarrafal'

16 1 600 839
18 Jun 2010

Apresentação do documentário
    com a presença da realizadora Fernanda Paraíso
    duração: 58 min

Este documentário biográfico recolhe o testemunho de cada um dos cinco últimos sobreviventes do campo, nascidos entre 1914 e 1918 e que, com idades entre os 17 e os 20 anos, foram enviados para a chamada “colónia penal” onde passaram o melhor da sua juventude.
Três marinheiros, presos na sequência da Revolta dos Marinheiros de 8 de Setembro de 1936, condenados a 16 e 17 anos de prisão: Josué Martins Romão, José Barata e Joaquim de Sousa Teixeira; e dois jovens militantes das Juventudes Comunistas que se encontravam presos ilegalmente, à luz da própria lei do regime: Sérgio de Matos Vilarigues, Edmundo Pedro. Cinco percursos paradigmáticos partilham o idealismo que vai conduzir estes jovens a cruzar os seus destinos no campo de concentração do Tarrafal.

Fernanda Paraíso é licenciada em Arquitectura pela Escola Superior de Belas Artes de Lisboa, mestre em Planeamento Urbano pela Columbia University de Nova Iorque e frequentou o curso de cinema da School of Continuing and Professional Studies da New York University.
Trabalhou como arquitecta em vários ateliers em Nova Iorque e em Portugal e actualmente exerce a profissão em regime livre. Foi Art Director em vários filmes portugueses e estrangeiros e, de 1998 a 2000, Assistente da cadeira de Projecto do 4º ano do curso de Arquitectura da Universidade Moderna, em Lisboa. Recentemente dedicou-se à escrita de argumentos cinematográficos e foi durante a pesquisa para o argumento de um filme sobre campo de concentração do Tarrafal que conheceu os cinco sobreviventes e lhes dedicou o documentário Há 70 Anos, o Tarrafal: os Últimos Sobreviventes, estreado na RTP2 a 29 de Outubro de 2007. 

    no âmbito da exposição
    Memória do Campo de Concentração do Tarrafal