Passar para o Conteúdo Principal

logotipo Museu Neorealismo

Cinema - Manhã Triste e O Adeus à Brisa

34 1 600 839
16 Jan 2010

imagem

No âmbito da exposição biobibliográfica
    ESCREVIVENDO URBANO Tavares Rodrigues,
    o Museu do Neo-Realismo exibiu dois filmes:

    Manhã Triste
    curta-metragem, 11'
    De Hernâni Duarte Maria e Pedro Noel da Luz [2009]

Adaptação de um conto de Urbano Tavares Rodrigues.
A história centra-se num casal, Juvenal e Luísa Ivone, que tinha um projecto de vida em comum. Partilhavam a mesma casa, sentimentos distintos, mas com um propósito... que talvez a vida seja mesmo para não se levar a sério.   

    O Adeus à Brisa
    filme, 55'
    De Possidónio Cachapa [2008]

Um homem fala sobre o seu passado, que se confunde com o da História do seu país. Num discurso comovente, evoca a luta pela liberdade e a sua crença nas revoluções e na supremacia da Beleza. Sentado na sua sala, Urbano Tavares Rodrigues mantém-se o escritor, o resistente, o que acredita no melhor do Homem. E se as coisas em que acreditou nem sempre lhe corresponderam foi porque ainda não tinha chegado o tempo certo. Mas vai haver um mundo novo. Vai haver. No meio do Tempo, Urbano reflecte, enquanto a brisa do sul não cessa de soprar. [sinopse DocLisboa2008]