Passar para o Conteúdo Principal

logotipo Museu Neorealismo

Catálogo da Exposição Baptista Bastos, Prosador do Mundo

Cat logo da exposi  o paptista bastos  prosador do mundo  esgotado  1 600 839
13 Jun 2016
  • Catálogo de exposição (esgotado)

O arranque de um escritor pode ser associado a uma série de imagens mais ou menos precisas; o de Baptista-Bastos está claramente ligado a dois universos de referência na cultura portuguesa do século XX: o jornalismo (da reportagem à crónica) e o movimento cultural oposicionista do neo-realismo (da literatura à política). Na verdade, em meados dos anos 50, o eco contestatário da literatura neo-realista apurou em Baptista-Bastos uma ética intelectual e um desejo de transformação da sociedade portuguesa que não mais abandonariam as cinco décadas da sua profícua vida literária. Os temas da justiça social e da força aglutinadora das ideias traduzem em milhares de artigos e dezenas de livros publicados, entre entrevistas, ensaios e romances, uma profunda convicção na afirmação da humanidade, cultivando um compromisso de envolvimento e partilha. Entre a emoção e a razão, o jornalista e o escritor afirmam a sua incontornável parcialidade, os afectos, as opções e a defesa dos valores cívicos que não devem ser ocultados. Escrever “honra, com clareza e com veemência” constitui desde sempre a matriz de intervenção cultural de um homem que não foge ao seu compromisso com o leitor e o cidadão.”

 

imagem